Matrículas Abertas

10 mitos e verdades sobre fluência em inglês
01.set
YZG - Inglês

Conheça os principais mitos e verdades sobre fluência em inglês e faça um teste prático para saber o seu nível.

Quer ter fluência em inglês de verdade, mas ainda tem aquelas dúvidas como isso é possível na prática? Bom, então você chegou ao lugar certo, pois preparamos este post exclusivo só para explorar aqueles mitos e verdades clássicos sobre esse tema e mostrar, de uma vez por todas, que dominar o idioma é só uma questão de metodologia e estudo. 

Tudo pronto para começar e ter o inglês na ponta da língua? Então, fica com a gente até o final do artigo, pois temos certeza que daqui você já sai como uma outra visão sobre como se tornar fluente. 

Bora lá? Então, boa leitura! 

Conheça 10 mitos e verdades sobre fluência em inglês 

Se você sempre se questionou como alcançar a fluência em inglês, se isso só é possível para algumas pessoas ou se o seu domínio só vai melhorar quando mudar de país, as questões abaixo podem trazer respostas bem interessantes. 

Confere aí! 

1. Fluência em inglês só morando fora 

Esse é o primeiro mito de nossa lista! Evidentemente que uma experiência internacional, como viagens ou intercâmbio, vai somar e muito no seu conhecimento, mas está longe de ser a única forma de se tornar fluente no inglês. 

Aliás, é até possível encontrar pessoas que nunca pisaram num avião e que mandam muito melhor do que outras que já viveram fora. O grande segredo está na metodologia de aprendizado! 

Afinal, em uma experiência lá fora, é possível que muita gente só domine a fala (speaking), mas nem sempre consiga escrever ou mesmo ler no idioma com perfeição. Já em um curso com metodologia, você trabalha todos esses aspectos. 

2. Fluência é uma questão de dom pessoal 

Outro mito clássico sobre a fluência em inglês! O que pode ocorrer é que algumas pessoas tenham mais facilidade de absorver as informações durante o aprendizado e até mesmo conhecimento de outras línguas, o que torna o processo mais rápido e prático para o cérebro. 

Só que isso não é um dom pessoal. Todo mundo, com disciplina e, mais uma vez, metodologia adequada é capaz de se tornar fluente em uma língua. 

3. Só se torna fluente a partir de uma metodologia 

A gente já até entregou a resposta nos tópicos anteriores! De fato, a fluência do inglês só é conquistada a partir de um conhecimento geral do idioma e isso só é possível a partir de uma metodologia de ensino completa e eficiente. 

Ou seja, a pessoa que fala bem e compreende tudo em uma conversa não necessariamente é fluente. Em especial, se ela não domina também a escrita e a leitura! 

4. Quem atinge a fluência não precisa mais estudar 

Nada disso! Todo aprendizado de idiomas deve ser contínuo e sempre haverá novidades e coisas novas a se agregar. 

Aliás, isso vale para tudo! Se pararmos para pensar, nem o português a gente domina por completo e sempre terá palavras, termos e verbos que nunca ouvimos na vida. Logo, estude para sempre! 

5. É possível ficar fluente em inglês em pouco tempo 

Esse não é nem mito e nem verdade sobre a fluência em inglês. O fato é que, como bem destacamos acima, o processo de aprendizado é algo variável e, portanto, depende de cada um. 

Há quem vá ter mais facilidade e, consequentemente, aprender muito mais rapidamente, assim como outros precisarão de mais tempo e mais prática para ter um domínio satisfatório. 

O segredo, então, é não ter pressa e fazer de seu tempo um processo de evolução a cada dia! 

6. Estudar diariamente é melhor que cursos intensivos 

Sem dúvidas! Essa é uma verdade absoluta sobre a fluência em inglês e que reforça aquela ideia já destacada acima de que o processo de aprendizado deve ser algo contínuo e constante. 

No caso dos intensivos, tal metodologia pode ajudar também a acelerar o processo, mas em geral, elas vão focar em conceitos básicos e mais úteis para determinadas ocasiões, como viagens, carreira, atendimento profissional, entre outros. 

7. Depois que se torna fluente em inglês não se tem mais dificuldades 

Esse é mais um mito sobre a fluência em inglês. Na prática, ser fluente é ter um domínio avançado sobre a língua em diferentes aspectos. Ou seja, é conseguir se comunicar, ler e escrever bem! 

No entanto, isso não significa que você sabe tudo ou que conhece o idioma por completo. Inclusive, pode haver, sim, momentos de dificuldades que vão demandar pesquisas, traduções e até reforços no estudo. Super normal! 

8. É mais difícil se tornar fluente em inglês quando se domina outros idiomas 

Se você já tem o domínio de outras línguas ou está em fase de aprendizado, não se preocupe em praticar seu inglês ao mesmo tempo. 

Na verdade, o nosso cérebro é totalmente capaz de “trabalhar” diferentes idiomas no mesmo momento e isso não atrapalha de forma alguma o processo de fluência. 

Aliás, muita gente tem até mais facilidade de aprender novos idiomas quando já se domina algum outro. Isso ocorre porque o cérebro já está “treinado” e capta melhor as informações aprendidas. 

9. Se não praticar, é possível perder a fluência 

Isso é possível, sim! Afinal, tudo gira em torno de nosso cérebro, que funciona como uma máquina coletando novas informações a todo tempo. 

E com o passar dos anos, a memória pode ir se desgastando e “jogando de lado” aquilo que não é mais cotidiano. Ou seja, se deixar de praticar, de falar, de ler e de ouvir, realmente algumas coisas podem ser esquecidas nessa jornada. 

Sendo assim, se quer preservar a fluência em inglês, não pare nunca nem desista no meio do caminho. 

10. O teste de proficiência pode comprovar minha fluência 

Por fim, essa é outra verdade que trata a sua fluência em inglês de forma mais técnica. Lembra que a gente destacou que só o fato de falar bem não significa, necessariamente, que a pessoa é fluente? 

Enfim, essas são alguns mitos e verdades sobre a fluência em inglês e como é totalmente possível alcançar um domínio satisfatório do idioma sem precisar viajar, conhecer estrangeiros ou investir fortunas em métodos milagrosos. O segredo é: metodologia e estudo! 

E se você quer testar a sua fluência em inglês, venha fazer para o yazigi Curitiba.

Compartilhe esse post!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Últimos Post

COMO AVALIAR SUA EVOLUÇÃO NO INGLÊS? VEJA DICAS PARA PLANEJAR O QUE MELHORAR
A melhor maneira de avaliar sua evolução no inglês é observar por meio da prática sua capacidade de compreensão sem uso de apoios!
QUAL É O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO VALENTINE´S DAY
O dia dos namorados, ou valentines day nos Estados Unidos, é sem sobra de duvidas uma das datas mais romanticas do ano. Saiba mais sobre ela neste post!
VOCÊ SABE A DIFERENÇA ENTRE ENTENDER E TRADUZIR EM INGLÊS?
Quer ficar craque em um novo idioma? Então descubra a diferença entre entender e traduzir em inglês!