Matrículas Abertas

VOCÊ SABE O QUE É PENSAMENTO CRÍTICO? DESCUBRA COMO DESENVOLVER EM SEUS ALUNOS
09.nov
YZG - Cultura

Quando falamos de educação, falamos muito do desenvolvimento do pensamento crítico. Na verdade, esse conceito está na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). 

Ou seja, é previsto que toda instituição educativa ajude os alunos a desenvolverem o pensamento crítico. Porém, essa ideia é relativamente nova na educação do nível infantil, fundamental e médio. 

Por muito tempo, as escolas foram espaços em que os alunos decoravam lições passadas pelos professores. Nesse longo período, o pensamento crítico não tinha muito lugar em sala de aula. 

Com a modernização do ensino, isso tem mudado no sistema educacional, e nossa sociedade só tem a ganhar com essas mudanças. Mas para que essa mudança seja impactante, é preciso saber como desenvolver o pensamento crítico dos alunos. Confira nossas dicas para fazer isso a seguir! 

O que é pensamento crítico? 
O pensamento crítico é uma avaliação voluntária que fazemos de experiências, conteúdos, fatos ou conversas que acontecem conosco. 

Ele não é apenas uma opinião. O pensamento crítico é embasado em observações feitas a partir das informações que temos sobre um determinado assunto. 

Para formar um pensamento crítico, o mais importante é observar antes de emitir um ponto de vista. Ele é criado a partir de um conjunto de informações e, por isso, não pode ser feito espontaneamente. 

Em geral, o pensamento crítico colabora para o crescimento das pessoas enquanto indivíduos. Ele nos estimula a pensar de forma independente e avaliar nossas próprias experiências. 

Isso nos ajuda a tomar melhores decisões, a formar relações mais saudáveis e a mudar nossa sociedade para melhor. Logo, é muito importante estimular o pensamento crítico nos alunos. 

 

Qual é a importância do pensamento crítico na escola? 
O pensamento crítico, em si, já tem muita importância. Ele é essencial para que os alunos se desenvolvam como cidadãos inteligentes e responsáveis. 

Porém, trabalhá-lo na escola é fundamental. Isso porque ele pode ajudar os alunos a desenvolverem ainda outras habilidades. Por exemplo: 

Criatividade 
O pensamento crítico nos leva a analisar hipóteses e soluções para chegar à melhor resposta. Fazendo o caminho lógico por essas opções, acabamos criando cenários diferentes. 

Esse processo estimula muito a criatividade. É comum que atividades que estimulam o pensamento crítico também exijam criação. 

Inteligência emocional 
Aprender sobre o pensamento crítico nos faz passar, necessariamente, pela autocrítica. Entender os próprios gostos, sentimentos e opiniões é a base da inteligência emocional. 

A partir do pensamento crítico, os alunos passam a se conhecer melhor. Com isso, têm a inteligência necessária para, também, conhecer os outros. 

O pensamento crítico também nos ajuda a ter mais empatia e a pensar sob a perspectiva de outras pessoas. Esse é um grande incentivo nas relações interpessoais. 

Foco 
O pensamento crítico estimula a organização de informações e a criação de relações entre elas. Isso ajuda os alunos a se concentrarem no que aprendem para tirar suas próprias conclusões. 

Autonomia 
Por fim, o pensamento crítico é um grande aliado do protagonismo do aluno. Ao pensar criticamente, o aluno desenvolve a autoconfiança e começa a se interessar pelo aprendizado por conta própria. 

Como podemos ver, ensinar o pensamento crítico faz bem para os alunos na escola e na vida adulta. Porém, como é possível incentivar esses pensamentos de forma natural em sala de aula? 

 

Como ensinar o pensamento crítico na escola? 
Ensinar o pensamento crítico é algo que exige prática. Ou seja, não basta pedir que os alunos pensem criticamente. 

É preciso incluir, na rotina do aluno, a prática do pensamento crítico. Isso vai ajudá-lo a naturalizar essa habilidade e utilizá-la sempre que for necessário. 

Por isso, selecionamentos uma série de atividades que podem ser feitas todos os dias em sala de aula para estimulá-lo. Confira nossas dicas abaixo: 

Estimule o debate 
Atividades de debate, em que a turma é dividida em grupos que defendem diferentes opiniões, ajudam a ensinar o pensamento crítico. 

Sendo expostos a diferentes pontos de vista e tendo que articular os seus próprios, os alunos começam a comparar informações e tirar suas conclusões. 

É comum que, no início, eles se sintam intimidados por exporem suas opiniões em voz alta. Por isso, lembre a todos que os debates em sala de aula são espaços seguros. 

Não esqueça de estabelecer regras para manter a organização e o foco no debate. 

Peça embasamento para as discussões 
Seja um questionador em sala de aula. Quando os alunos derem opiniões ou soluções para problemas, faça perguntas sobre os resultados. 

Peça para que eles sempre apresentem um embasamento. Seja em apresentações, provas ou debates corriqueiros, isso estimula o pensamento crítico. 

Esteja por dentro do universo dos alunos 
Muitos alunos se sentem intimidados diante de debates porque acreditam não saber muito sobre os assuntos discutidos. 

Para resolver essa questão, você pode ficar por dentro dos interesses dos alunos e basear os debates neles. 

Assim, não faltarão argumentos e o pensamento crítico é bem estimulado. Com o tempo, você pode introduzir assuntos mais gerais, de interesse social. 

Incentive o repertório cultural 
O pensamento crítico é baseado em informações e experiências. Isso quer dizer que, quanto mais os alunos tiverem acesso a informações, mais capazes serão de pensar criticamente. 

Sendo assim, seja a porta de entrada para um vasto repertório cultural. Apresente livros, filmes, séries, artistas, pintores, músicos e muitas outras fontes em sala de aula. 

Quando um aluno demonstrar interesse, ajude-o a aprender mais sobre o que ele gosta. Isso desperta o interesse não apenas pelo pensamento crítico, mas pelo aprendizado em geral. 

Comece desde cedo 
Por fim, é importante destacar que o pensamento crítico não é apenas para adolescentes e adultos. Na educação infantil as crianças podem e devem desenvolvê-lo. 

Logo, aplique as dicas desse texto de forma apropriada para as crianças. Seja um questionador e aproveite a curiosidade delas para estimular o pensamento crítico. 

O pensamento crítico é uma habilidade que vai fazer a diferença na vida dos alunos até a vida adulta. Por isso, toda a comunidade escolar deve se esforçar para incentivá-lo. 

É possível fazer isso em sala de aula e também com programas e eventos que incentivam essa capacidade nos alunos. 

Compartilhe esse post!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Últimos Post

COMO AVALIAR SUA EVOLUÇÃO NO INGLÊS? VEJA DICAS PARA PLANEJAR O QUE MELHORAR
A melhor maneira de avaliar sua evolução no inglês é observar por meio da prática sua capacidade de compreensão sem uso de apoios!
QUAL É O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO VALENTINE´S DAY
O dia dos namorados, ou valentines day nos Estados Unidos, é sem sobra de duvidas uma das datas mais romanticas do ano. Saiba mais sobre ela neste post!
VOCÊ SABE A DIFERENÇA ENTRE ENTENDER E TRADUZIR EM INGLÊS?
Quer ficar craque em um novo idioma? Então descubra a diferença entre entender e traduzir em inglês!